Checklist SEO – 6 itens para verificar se a sua página está realmente otimizada

Tempo de leitura: 3 minutos

Será que as páginas do seu site estão realmente otimizadas?
Depois de aprender o passo a passo para otimizar a página do seu site, chegou a hora de verificar os resultados, tarefa imprescindível na estratégia de inbound marketing.
Você vai conhecer 6 itens de SEO que você deve verificar para validar o trabalho de otimização da sua página.

1 – Escolha da palavra chave correta para a página
Como já vimos no artigo sobre pesquisa de palavras chave, sua escolha deve focar na ação que queremos que o visitante tome, em nosso exemplo a página busca atrair visitantes que estão no momento de compra para contratar uma consultoria de seo para o seu negócio.
A DigitalSEO como uma empresa que presta consultoria em SEO para pequenas empresas, profissionais liberais e tem como meta atrair leads interessados nos serviços de otimização de sites.
A palavra-chave escolhida então foi “consultoria de seo” por ser a que mais se aproxima do que o usuário busca quando está tomando a decisão de contratar o serviço. Um ponto importante a ser observado é a utilização de apenas 1 palavra-chave por página.

2- Otimização da página em torno da palavra chave principal
A página contém a palavra chave principal na url, no título e na descrição da página, além de estar posicionada em algumas partes do conteúdo inclusive sob a forma de sinônimos. A utilização de sinônimos foi fundamental para para uma boa contextualização do conteúdo e também entendimento por parte do visitante, já que foi utilizada a mesma linguagem que ele está acostumado.

site da agencia digitalseo


3- Links para outras fontes

Ao longo do texto podemos observar links para outras fontes tanto internas quanto externas, que servem de referência complementar ao ao texto no caso aqui links para o site de um ex cliente. Pode se observar também que os links contém texto âncora com a palavra-chave trabalhada.

Leia Também >>  Como escolher as melhores palavras-chave para sua loja virtual

4- Experiência do usuário
A página é ituitiva e de fácil navegação, o conteúdo mostra de forma clara o que o visitante deve fazer para completar sua missão (pedir um orçamento), e quais são os argumentos para que ele tome tal decisão. O conteúdo da página responde ainda as principais dúvidas do visitante e mostra os argumentos lógicos necessários para que ele tome a ação.

5- Promoção do conteúdo
Analizando um publicação sobre produtividade pessoal aqui mesmo no blog, podemos verificar que se trata de um tópico comum que a buyer persona pode querer aprender, que é como implementar a metodologia GTD usando o aplicativo Todoist . A linguagem utilizada no artigo é a mesma que a persona usaria no seu cotidiano, e como você pode observar o artigo tem foco em uma palavra-chave de cauda longa, que torna mais fácil classificar a página no Google. Foram também utilizadas variações da palavra-chave ao longo do texto o que o tornou atrativo aos usuários e ao google.

6- Links de entrada
Para facilitar o compartilhamento do conteúdo e a consequente obtenção de links de entrada, no mesmo artigo foram colocados botões de compartilhamento para várias redes sociais, faciliando o trabalho que o usuário teria para compartilhar o conteúdo em seu perfil do Linkedin, Facebook ou Twitter. Eu utilizo a ferramenta Hrefs e o google webmaster tools para verificar se o artigo está recebendo links de entrada. a melhor forma de conseguir que alguém faça um link para o seu artigo é antes de mais nada escrever um bom artigo e contactar blogs no seu nicho que tenham interesse na informação passada pelo artigo.